Teste Septina 9 para detecção de tumores no colo e reto

22/02/2018

A incidência do câncer colorretal no Brasil supera a faixa de 30.000 novos casos por ano, afetando de forma semelhante tanto homens como mulheres, geralmente a partir de 50 anos de idade. É considerado o terceiro tipo de câncer com maior mortalidade em ambos os sexos.

A sobrevida do portador de câncer de cólon e reto depende do estágio em que o tumor é detectado. Se o câncer for detectado nos estágios iniciais, a taxa de cura é superior a 90%. Por isso a detecção precoce é fundamental. Contudo, somente 12% da população adulta participa de programas de triagem populacional em virtude dos testes disponíveis (triagem fecal), que muitas vezes causam reações adversas nos pacientes.,

A sobrevida do portador de câncer de cólon e reto depende do estágio em que o tumor é detectado. Se o câncer for detectado nos estágios iniciais, a taxa de cura é superior a 90%. Por isso a detecção precoce é fundamental. Contudo, somente 12% da população adulta participa de programas de triagem populacional em virtude dos testes disponíveis (triagem fecal), que muitas vezes causam reações adversas nos pacientes.

O teste Septina 9 consiste na detecção da forma metilada do gene Septina 9 (mSEPT9) por PCR em tempo real. A mSEPT9 passa pelo sangue em forma de DNA livre podendo ser detectada no plasma em mais de 90% dos tumores de cólon, portanto, constitui um novo marcador genético tumoral já validado e com aprovação pelo FDA (Food and Drug Administration).

A presença de mSEPT9 no sangue indica a possibilidade de uma neoformação relacionada com câncer de cólon. A metilação do gene Septina 9 é um processo que ocorre no início do desenvolvimento tumoral, de forma que ele detecta processos neoplásicos mesmo em estágios inicias.

O Septina 9 é um teste de triagem minimamente invasivo, utilizando uma coleta simples de sangue, que não causa desconforto ao paciente e nem requer preparo ou dieta especial prévia. O teste apresenta uma elevada especificidade (99,3%) e sensibilidade de (80,6%), detectando todos os tipos de câncer colorretal, independente de sua localização.

Vantagens da Septina 9

Teste não invasivo
Sem desconforto para o paciente
Maior especificidade e sensibilidade
Detecta todos os tipos de câncer colorretal, inclusive em estágios iniciais
Aprovado pelo FDA

Novidades | Informações

22/06/2018 | O planeta agradece!
20/06/2018 | Vacina da gripe
18/06/2018 | Parabéns Erval Velho!
14/06/2018 | Descarte consciente
07/06/2018 | Exercite-se
05/06/2018 | Dia do Meio Ambiente
04/06/2018 | Da gripe à pneumonia: saiba como identificar cada doença.
29/05/2018 | Vá de escada!
24/05/2018 | INCIDÊNCIA DE SÍFILIS EM MUNICÍPIOS DO MEIO OESTE DE SANTA CATARINA
24/05/2018 | Dica do Bio-Lógico