Intolerância ao Glúten

05/04/2019

Doença Celíaca X Sensibilidade ao Glúten não Celíaca

 Existem dois diagnósticos com alterações gastrointestinais diferentes para a intolerância ao glúten: a doença celíaca ou a sensibilidade ao glúten não celíaca.

A doença celíaca é uma doença autoimune crônica e que afeta o intestino delgado, causada por uma reação adversa ao glúten em pessoas que apresentam uma predisposição genética. Neste quadro, um componente do sistema imunológico faz com que a mucosa do intestino se inflame, causando uma série de problemas ao organismo.

 No caso da sensibilidade ao glúten não celíaca, o alimento que contém glúten também não é bem aceito pelo organismo, mas nela não ocorre um impacto tão grande como no caso da doença celíaca.

Essa sensibilidade é mais um desconforto, sendo que os sintomas estão basicamente relacionados ao processo de digestão. Ela prejudica a qualidade de vida em razão das dores e incômodos que provoca, mas não se trata de um problema autoimune e não acarreta em distúrbios nutricionais.

 Não existe somente um exame capaz de identificar a intolerância ao glúten. Além da análise clínica feita pelo próprio médico, é necessário realizar uma série de exames de sangue, que são:

 Anti-endomísio (IGG, IGM e IGA);

Transglutaminase tecidual (IGG e IGA); Gliadina (IGG, IGM e IGA); Estudo molecular DQ2; Estudo molecular DQ8.

 Após a análise do resultado dos exames, juntamente com a avaliação clínica, seu médico terá o diagnóstico necessário para seu tratamento.

 

Fonte: Ativo Saúde

Novidades | Informações

24/06/2019 | Nasce o primeiro bebê após um transplante do útero de uma doadora
21/06/2019 | CardioGen
13/06/2019 | Estudo revela horas de sono necessárias para cada idade
12/06/2019 | Dia dos Namorados
10/06/2019 | Faça check up
05/06/2019 | Qualidade de vida
01/06/2019 | Comece dando o primeiro passo!
30/05/2019 | Um alerta para os homens
29/05/2019 | Câncer de Mama
22/05/2019 | Por mais abraços!