Dor de barriga ou Síndrome do cólon irritável?

01/02/2018
Dor de barriga ou Síndrome do cólon irritável?

A síndrome do cólon irritável ou intestino irritável é um distúrbio gastrointestinal que causa dor e desconforto abdominal, como diarreia ou prisão de ventre.
Não existe uma causa específica para a doença, porém sabe-se que fatores emocionais como a ansiedade, a depressão, o estresse, o cansaço e a fadiga são os principais responsáveis pelo desenvolvimento da síndrome do cólon irritável.
A doença afeta três vezes mais mulheres do que homens e necessita de um acompanhamento médico a longo prazo, por se tratar de um quadro crônico.
Sintomas
Portadores da síndrome apresentam contrações anormais no intestino após as refeições, essas contrações geralmente provocam fortes dores, cólicas, gases e/ou diarreias. Para que a pessoa seja diagnosticada com a síndrome, os sintomas listados acima devem aparecer pelo menos três vezes ao mês, por no mínimo 3 meses.
A alimentação é fundamental para a prevenção dos sintomas, por isso é recomendável que o paciente evite o consumo em excesso de:
• Alimentos gordurosos;
• Feijão;
• Lentilha;
• Bebidas alcoólicas;
• Café;
• Chocolate;
• Leite e derivados.

Com o acompanhamento de um médico é possível realizar o tratamento com medicação analgésica para aliviar a dor e o desconforto.
A síndrome do intestino pode prejudicar o desempenho no trabalho e nos círculos sociais, no entanto, com o tratamento adequado, uma alimentação saudável e a prática contínua de exercícios físicos, os sintomas podem diminuir muito, e em alguns casos, desaparecer completamente.

Fonte: Diagnósticos do Brasil

Novidades | Informações

19/02/2018 | Parabéns Tangará!
18/02/2018 | Parabéns Piratuba!
17/02/2018 | Parabéns Capinzal!
10/02/2018 | Feliz Dia do Atleta!
01/02/2018 | Dor de barriga ou Síndrome do cólon irritável?
31/01/2018 | Novas doses Hexavalente e Pentavalente
30/01/2018 | Detecção e Genotipagem de Alto Risco para HPV
25/01/2018 | Helicobacter Pylori
24/01/2018 | Período de férias e também de estar atento às vacinas
22/01/2018 | A alergia à medicamentos